Histria da Diocese

A diocese de Portalegre-Castelo Branco uma das dioceses catlicas em que est dividido Portugal. Cobre uma rea de 9.150 km2. Divide-se em 5 arciprestados.

A antiga diocese de Portalegre foi criada pelo papa Paulo III (bula Pro Excellenti Apostolicae Sedis) em 21 de Agosto de 1549, por desmembramento da diocese da Guarda. A elevao de Portalegre a sede de diocese levou D. Joo III a elevar Portalegre a cidade, por carta rgia de 23 de Maio de 1550.

A antiga diocese de Castelo Branco foi criada em 17 de Junho de 1771 por Clemente XIV a partir da diocese da Guarda. A nova diocese integra terras da diocese da Guarda (regies de Castelo Branco e Abrantes). D. Jos elevou Castelo Branco a cidade, por alvar de 20 de Maro e Carta Rgia de 15 de Abril do mesmo ano, instituindo-se a matriz de S. Miguel como catedral. A Santa S confirma a nomeao do primeiro bispo. D. Frei Jos de Jesus Maria Caetano (1771-1782), dominicano, mestre em Teologia (professor dos filhos de marqus de Pombal). A diocese de Castelo Branco integrou-se na diocese de Portalegre em 30 de Agosto de 1881 sob o pontificado de Leo XIII pela carta apostlica Gravissimum Christi, e pelo decreto rgio de 14 de Setembro de 1882, sob o pretexto de dificuldades econmicas. A designao actual (Portalegre-Castelo Branco) data de 18 de Julho de 1956.

A catedral de Portalegre foi construda no local onde se localizava a igreja de Santa Maria do Castelo: a primeira pedra foi lanada no dia 14 de Maio de 1556, por D. Julio de Alva. Sem desvios da planta original, sofreu intervenes, sobretudo, nos sculos XVII e XVIII, em que alguns retbulos barrocos substituram os retbulos primitivos. A s apresenta uma multiplicidade de formas de arte, ferro forjado (sc. XVII), azulejos (sc. XVIII) e um dos maiores conjuntos nacionais de pintura maneirista, de consagrados mestres nacionais e alguns estrangeiros. O claustro foi edificado no sculo XVIII.
Em 8 de Setembro de 2008, foi anunciada a nomeao de D. Antonino Eugnio Fernandes Dias, anteriormente Bispo Auxiliar de Braga, para Bispo de Portalegre - Castelo Branco, sendo o 30. bispo frente desta sede episcopal. O anterior prelado, D. Jos Alves, fora nomeado a 8 de Janeiro de 2008 para Arcebispo de vora.

Primeiros bispos
O primeiro bispo da diocese de Portalegre foi Julio dAlva, um eclesistico de origem espanhola que antes havia chefiado a diocese de Miranda do Douro. Em 17 de Julho de 1560, Alva foi substitudo por Andr de Noronha. Frei Amador Arrais foi o bispo seguinte; foi ele o autor dos famosos Dilogos. Arrais resignou em 1582, tendo-se retirado para Coimbra onde viria a morrer. Lopo Soares de Albergaria e Frei Manoel de Gouveia foram indicados para bispos, mas faleceram antes mesmo de receberem as respectivas bulas papais. Diogo Correia, um sobrinho do beato Bartolomeu dos Mrtires tornou-se bispo em 1598; antes tinha estado em Ceuta. Diogo Correia faleceu a 9 de Outubro de 1614.

Entre os bispos portalegrenses durante o sculo XVII conta-se Richard Russell, um ingls (recebeu a bula papal a 17 de Setembro de 1671). Russell viria a ser transferido para a diocese de Viseu, 1671. D. Gaudncio Jos Pereira (1808-1908), natural da diocese de Viseu, nomeado por Leo XIII a 22 de Dezembro de 1887 para a diocese de Portalegre, da qual s tomou posse no ano seguinte, fez a transio do sc. XIX para o sc. XX, para alm da reforma do seminrio diocesano, desenvolveu uma extensa actividade pastoral e de reestruturao do territrio eclesistico. Santo Antnio constitudo padroeiro de Portalegre e da diocese em 1896, por Leo XIII. O seu sucessor, D. Antnio Moutinho, vindo de Cabo Verde, entrou na diocese a 15 de Dezembro de 1909, num perodo conturbado, sob o ponto de vista poltico e religioso. Perseguies e espoliaes Igreja foram sentidas e vividas por este bispo e pela diocese. Exilado do distrito, governou a diocese a partir de Proena-a-Nova, onde esteve dois anos, com todas as limitaes, sobretudo econmicas, que continuaram, regressado diocese (1914). A diocese partilhou com o bispo toda a espcie de privaes e dificuldades, sobretudo a falta de clero e do seminrio (extinto pela Repblica). Seguem-se-lhe os bispos D. Manuel da Conceio Santos (1916-1929), D. Domingos Maria Frutuoso (1921-1949), D. Antnio Ferreira Gomes (1949-1942), D. Agostinho Joaquim Lopes de Moura (1953-1978), D. Augusto Csar Alves Ferreira da Silva (1978-2004). Por falta de sacerdotes, a primeira aco pastoral envolve a diocese na criao do seminrio e empenho na formao dos clrigos e dos movimentos apostlicos, aco que atinge o apogeu com a inaugurao de seminrio do Imaculado de Maria em Portalegre, graas ao empenho de D. Agostinho de Moura. A restaurao e ampliao do seminrio de Alcains e criao de cinco colgios diocesanos expressam a preocupao pela formao dos jovens. A Imprensa catlica recebe tambm neste perodo um forte incremento com a fundao do Boletim da Diocese de Portalegre (Julho de 1916), a revista diocesana Flores do Santurio (7.10.1925) que substitui o anterior Boletim.; o semanrio Distrito de Portalegre, fundado em 1884, passou a rgo oficial da Aco Catlica (rgo da diocese) em 1938. O II Conclio do Vaticano teve uma forte repercusso na diocese, primeiro por D. Agostinho de Moura que nele participou e onde teve trs intervenes, integrando a Comisso Conciliar de Liturgia. Depois por D. Augusto Csar que assumiu a renovao conciliar, com os seminrios e obra das vocaes nas suas prioridades. A comemorao dos 450 anos da fundao da diocese (1549-1999) encerrada em 2000, desperta a conscincia diocesana para uma longa histria, com uma feio serena e construtiva. Com o pedido de resignao feito por D. Augusto Csar ao Santo Padre Joo Paulo II, pedido aceite em 22 de Abril de 2004, a Santa S nomeou para Bispo de Portalegre-Castelo Branco, D. Jos Francisco Sanches Alves, at ento Bispo Auxiliar do Patriarcado de Lisboa. A entrada na Diocese e a respectiva tomada de posse deu-se no dia 30 de Maio de 2004, Domingo de Pentecostes. Durante o tempo que esteve frente da Diocese, empreendeu um dinamismo novo aos servios diocesanos, aos Secretariados localizando-os numa ala do Seminrio preparada para o efeito, na reformulao dos Arciprestados que de 14 passaram a 5, na presena constante nas reunies de clero, nas Visitas Pastorais e em muitos outros campos. A 8 de Janeiro de 2008 nomeado para Arcebispo de vora, ficando como Administrador Apostlico da Diocese de Portalegre-Castelo branco durante longos meses. A 8 de Setembro do mesmo ano foi ento nomeado para Bispo da Diocese D. Antonino Eugnio Fernandes Dias, Bispo Auxiliar de Braga, vindo tomar posse a 7 de Outubro e a 12 do mesmo ms entrou na Diocese no meio de uma manifestao de jbilo e a presena de inmeros fiis vindos de toda a diocese e das dioceses de Braga e Viana do Castelo, mais de uma dezena de bispos e duas centenas de sacerdotes.

Fonte: Dicionrio de Histria Religiosa de Portugal, 27 Maro 2009 | 00h00
Enviar Imprimir
Procure a informao que deseja no seu site da diocese!
entre as h m
e as h m
Dia:
poca:
Diga o que acha do novo site da Diocese de Portalegre - Castelo Branco. Escreva aqui um comentrio. Participe nesta mudana.
Copyright 2009 DIOCESE DE PORTALEGRE - CASTELO BRANCO

Homepage | História | Organograma | Plano Pastoral Diocesano | Galeira de Imagens | Notícias | Avisos | Documentos | Ligaoes teis
Parquias | Arciprestados | Clero | Contactos | Newsletter | RSS

Powered by Peakit