Cursilho de Cristandade: 76 Cursilho de Senhoras da Diocese

O 76 Cursilho de Cristandade de Senhoras da Diocese de Portalegre-Castelo Branco decorreu de 12 a 15 de abril, na Casa Diocesana de Mem Soares (Castelo de Vide).
Oriundas de variados pontos da Diocese, 16 valentes mulheres responderam com um generoso sim ao chamamento do Senhor.

 

Foi num clima de reflexão, descoberta, fraternidade, amizade, que se viveu esta experiência espiritual de encontro com Deus e conviveu no amor de Cristo, na alegria própria dos que aceitam a fantástica Aventura de ser cristão em graça consciente e fé crescente. 
O Encerramento do Cursilho teve lugar no Cine-Teatro do Nisa em ambiente Decolores. Nos testemunhos das novas cursilhistas foi evidente a determinação de entrar em pleno no quarto dia, dispostas a ultrapassar os obstáculos da vida e a transmitir, com a ajuda do Espírito Santo, o viver cristão nos ambientes da família, do trabalho e da comunidade em que estão inseridas, bem como a intensidade com que viveram estes três dias do Cursilho de Cristandade. 
No encerramento deste 76.º cursilho esteve presente uma cursilhista da diocese da Guarda. No seu testemunho em Nisa, a cursilhista Egitanense rasgou elogios ao Secretariado Diocesano de Portalegre-Castelo Branco pelo apoio que vem dado àquela Diocese. Salientou a necessidade da perseverança na fé, confessando que pelo Cursilho começou a descobrir a importância de levar Cristo aos outros no seu trabalho, não tendo vergonha de O anunciar, afirmando: “Não temos todos os mesmos carismas, mas podemos todos dar o nosso contributo, basta que acreditemos que somos úteis ao Senhor. E como é bom falar com Ele! Espero continuar a ser Sua discípula, que caminha com Deus e para Deus, na certeza de que nós e Cristo seremos Maioria Absoluta”.
O Sr. Bispo, D. Antonino, deixou uma mensagem de ânimo a todas para seguir em frente, a viver o 4.º dia fortes na Fé e na vida em Graça, em continuidade do Cursilho que acabavam de viver, experiência tão marcante para as suas vidas. Receberam, então, pela sua mão, os “símbolos” e (re)afirmaram o seu compromisso com Cristo Vivo e Ressuscitado.
Terminado o Encerramento do Cursilho por D. Antonino, foi hora de regressar a casa com a certeza de que viver um Cursilho é uma experiência única que transforma o coração e o direcciona para a acção em favor dos irmãos. 

 

Colaborador
Enviar Imprimir
Procure a informao que deseja no seu site da diocese!
entre as h m
e as h m
Dia:
poca:
Diga o que acha do novo site da Diocese de Portalegre - Castelo Branco. Escreva aqui um comentrio. Participe nesta mudana.
Copyright 2009 DIOCESE DE PORTALEGRE - CASTELO BRANCO

Homepage | História | Organograma | Plano Pastoral Diocesano | Galeira de Imagens | Notícias | Avisos | Documentos | Ligaoes teis
Parquias | Arciprestados | Clero | Contactos | Newsletter | RSS

Powered by Peakit