Jovens PCB@Lx

"... como tinha prometido aos nossos pais" com Aura Miguel, jornalista e Vaticanista Portuguesa

 
 A azafama do estudo, dos exames, dos trabalhos, das corridas do dia-a-dia, levam-nos a não termos “mão no tempo”, e à não “partilha da nossa alegria” com quem espera saber dos encontros dos jovens PCB@Lx. Continuamos a reunir mensalmente. Sempre com convidados incríveis, que nos dão maior consciência do grande Dom do que é ser Igreja e ser instrumento de Deus, na vida de tantos que desejam fazer a diferença no mundo. Nos últimos dois encontros mensais, estiveram connosco Maria Dulce Gonçalves, Psicóloga (…aos famintos encheu de bens) e a escritora Maria Tereza Maia González (…aos ricos despediu de mãos vazias), com quem continuamos a cantar o Magnificat de Maria. Ambas com uma presença e testemunho de fé incrível, no assumir sem medo, nas suas vidas profissionais e nas suas acções de voluntariado, uma presença que “alimenta os famintos” e “enche as mãos dos pequeninos de Deus”.
O último encontro aconteceu no dia 30 de Maio, com a jornalista e vaticanista portuguesa, Aura Miguel. Tendo como ponto de partida para a reflexão da noite, o versículo do Magnificat “Como tinha prometido a nossos pais”, a nossa convidada foi partilhando a sua história de vida, a sua relação com Maria, e com aquele que é, em nome de Pedro, expressão e voz da Promessa de Deus ao seu Povo.
Foram um pouco mais de duas horas de diálogo, de histórias, de confidências, que em muito nos entusiasmaram. Com uma presença enérgica, simples e muito bem-disposta, falou-nos do seu crescimento na Fé, da sua vida em Igreja (destaque para a importância do grupo de jovens paroquial na sua vida de fé) e de um horizonte que se foi renovando a partir da maior compreensão do amor de Deus, e também da sua vocação. Palavras que nos aproximaram um pouco mais daquele que está em nome de Pedro, na condução da Igreja. Descobertas, dúvidas, desilusões, surpresas, viagens com os Papas João Paulo II, Bento XVI e Papa Francisco, e claro, o Centenário das Aparições de Nossa Senhora do Rosário, no último mês em Fátima. Graças de Deus que só possíveis, na companhia de Jesus Cristo, de Maria, e pela vontade de Deus. 
Seguiu-se a Eucaristia onde, de um modo mais intimo e profundo, podemos dar continuidade àquilo que Deus foi despertando dentro de nós durante o diálogo com a nossa convidada. Confrontos que nos despertaram para uma maior proximidade com a Igreja e o sucessor de Pedro, de modo a cada um corresponder, em verdade à vocação que Deus lhe pede e modo a continuarmos a fazer a diferença no seu caminho e no caminho de cada irmão.
Antes do regresso às nossas casas, no final da noite, ainda houve um tempo de convívio e de jantar entre todos.

Juventude PCB@LX
Enviar Imprimir
Procure a informao que deseja no seu site da diocese!
entre as h m
e as h m
Dia:
poca:
Diga o que acha do novo site da Diocese de Portalegre - Castelo Branco. Escreva aqui um comentrio. Participe nesta mudana.