Movimento Pastoral Diocesano

 

 
 
SERVIÇO PASTORAL
 
 
Vivemos um tempo em que somos mais obrigados a dispensar Padres dos serviços pastorais, por razões de idade e de saúde, do que a fazer nomeações. Não temos muito a quem nomear. Reconhecemos o trabalho generoso e alegre de quantos dispensamos dos serviços pastorais, embora continuemos a contar com a sua colaboração no que lhes for possível. Olhamos para eles com respeito e admiração. São vidas inteiras doadas com generosidade e alegria ao serviço do Povo de Deus. Este, embora lhes reconheça o direito ao repouso, sente a tristeza de os ver partir do seu seio, pois tem-nos e estima-os como se de pessoas de família se tratasse. A vida é assim e felizes de nós quando chegamos ao fim com a consciência tranquila de que fizemos o que devíamos ter feito, em obediência e docilidade ao Espírito que nos anima e fortalece.
A renovação do sistema paroquial exige leitura, oração, estudo, reflexão, criatividade constante, experiências e iniciativas várias e maior dedicação do Padre àquilo que lhe é mais específico e essencial como verdadeiro pastor e evangelizador duma comunidade que quer ver adulta e a caminhar por si. Como sabemos, para que isso aconteça com naturalidade, o Padre não pode centralizar, não pode ter a pretensão de fazer tudo para não incomodar terceiros, não pode dispensar os bons colaboradores, não pode ditar ou mandar como se só ele fosse sabedor ou iluminado. Tem de estar atento à Comunidade e às pessoas. Tem de reconhecer quem poderá colaborar, convidar essas pessoas e formá-las. Tem de moderar com docilidade, orientar e confiar, mesmo que às vezes lhe pareça que as coisas não correm tão bem como ele gostaria que corressem: não temos o monopólio do Espírito, Ele atua em todos.
Nomeio alguns Párocos in solidum, que não é a mesma figura de Pároco e Coadjutor. Párocos in solidum, sem mandante nem mandado, mas em comunhão, com um Moderador, na esperança de que, juntos com leigos, deem corpo àquilo a que vamos chamando de unidade pastoral, sempre num clima de aprofundamento e clarificação do que isso é e pode valer. Assim:
 
 
Padre António Martins Castanheira, dispensado de Administrador Paroquial de Aldeia de Santa Margarida, São Miguel d’Acha, Medelim e Proença-a-Velha, Arciprestado de Castelo Branco;
 
Cónego Martinho Cardoso Pereira, dispensado da paroquialidade de Oleiros, Mosteiro e Isna, Arciprestado da Sertã;
 
Padre Libânio Domingos Martins, dispensado da paroquialidade de Mata e Escalos de Baixo, Arciprestado de Castelo Branco;
 
Padre Luís Moreira Bernardo, dispensado da paroquialidade de Aldeia de Santa Margarida, São Miguel d’Acha, Medelim e Proença-a-Velha, Arciprestado de Castelo Branco;
 
Padre Rui Manuel Antunes Lourenço, dispensado de Pároco das paróquias de Alcains, Lardosa e Sobral do Campo, Arciprestado de Castelo Branco;
 
Padre Ilídio Alberto Ribeiro Mendonça, dispensado da paroquialidade de Tramagal e Santa Margarida da Coutada, Arciprestado de Abrantes;
 
P. Rui Miguel dos Santos Rodrigues, dispensado de Diretor do Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude e das Vocações e nomeado Assistente Espiritual do mesmo Secretariado, continuando responsável pelos Convívios Fraternos e pelos outros serviços que lhe estão confiados.
 
Prof. Ricardo Nuno Pires Farinha, nomeado Diretor do Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude e das Vocações;
 
Padre Adelino Dias Cardoso, nomeado Pároco de Tramagal e Santa Margarida da Coutada, Arciprestado de Abrantes.
 
Padre Ilídio Alberto Ribeiro Mendonça, Padre António Martins Castanheira e Padre Francisco Alves da Silva (Da Sociedade de Vida Apostólica Missio Christi, do Brasil), nomeados Párocos in solidum e o Padre Libânio Domingos Martins Vigário Paroquial das paróquias de Alcains, Lardosa, Sobral do Campo, Lousa, Escalos de Cima, Escalos de Baixo, Mata, Caféde, Póvoa de Rios de Moinhos e Tinalhas, Arciprestado de Castelo Branco, sendo Moderador o Padre Ilídio Alberto Ribeiro Mendonça;
 
Padre Martinho Lopes Mendonça, nomeado Pároco de Aldeia de Santa Margarida, São Miguel d’Acha, Medelim e Proença-a-Velha, Arciprestado de Castelo Branco;
 
Padre Luís Manuel Antunes Alves e Padre Rui Manuel Antunes Lourenço, nomeados Párocosin solidumde Sobreira Formosa, Alvito da Beira, Montes da Senhora, Oleiros, Mosteiro e Isna, Arciprestado da Sertã, sendo Moderador o Padre Luís Manuel Antunes Alves.
 
 
 
 
Antonino Eugénio Fernandes Dias
Bispo de Portalegre-Castelo Branco
28/07/2014

 

Enviar Imprimir
Procure a informao que deseja no seu site da diocese!
entre as h m
e as h m
Dia:
poca:
Diga o que acha do novo site da Diocese de Portalegre - Castelo Branco. Escreva aqui um comentrio. Participe nesta mudana.
Copyright 2009 DIOCESE DE PORTALEGRE - CASTELO BRANCO

Homepage | História | Organograma | Plano Pastoral Diocesano | Galeira de Imagens | Notícias | Avisos | Documentos | Ligaoes teis
Parquias | Arciprestados | Clero | Contactos | Newsletter | RSS

Powered by Peakit